Twitter

Aparelho fixo metálico

Imagem em destaque da Clínica Brasil
Imagem em destaque da Clínica Brasil

Dentes mal posicionados afetam a função mastigatória, além de serem difíceis de limpar, o que pode causar a perda precoce, por conta da deterioração e as doenças periodontais. 

Dentes que não se encaixam e tortos podem também causar estresse nos músculos de mastigação, podendo levar a dores de cabeça, síndromes da ATM e dores na região do pescoço, ombros e costas, sem falar na aparência estética, que fica prejudicada.

Garantida a saúde do dente, para mastigar e deglutir com eficiência é fundamental também o correto alinhamento dos dentes superiores e inferiores além do bom engrenamento entre si.

A boa adaptação das arcadas dentárias melhora a respiração e a dicção, previne distúrbios na articulação, proporciona uma estética agradável e ainda auxilia na prevenção de cáries, gengivite e doenças periodontais, ajudando a manter a saúde bucal. É esse o foco da ortodontia: avaliar o posicionamento dos dentes e definir a melhor forma de correção.

A época mais oportuna para uma avaliação com o ortodontista é no início da troca dos dentes de leite pelos permanentes. Neste momento pode ser indicado um tratamento ortodôntico preventivo ou corretivo com aparelhos ortopédicos funcionais ou ortodônticos-ortopédicos (removíveis ou fixos), evitando um problema mais complexo quando a troca dos dentes estiver completa. O tratamento ortodôntico corretivo é realizado nos dentes permanentes com aparelho fixo e não há idade limite para a correção.

Desenvolvido por Hostche Interatividade Digital
Clinica Brasil Dentistas | Todos os direitos reservados.